16 de agosto de 2010

DIA DE SÃO ROQUE

Hoje, 16, a Igreja celebra um de seus santos mais invocados pelos fiéis de todo o mundo, o santo protetor contra pestes, pragas e doenças contagiosas, São Roque. Nasceu no ano de 1295, na cidade de Montpellier, França, em uma família muito rica e tradicional da região. Seu pai chegou a ocupar o posto de governador, mas após a sua morte, São Roque vendeu toda a herança, repartiu o dinheiro entre os pobres da cidade e foi para Roma. Como um humilde peregrino, visitou os santuários e passou 3 anos rezando nas tumbas dos apóstolos. Em uma de suas peregrinações à cidade de Aquapendente, ele encontrou quase toda a população contaminada pela peste do tifo. São Roque, com apenas um sinal da cruz, curou a todos e foi para outras cidades, como Modena, Parma e Mantua, onde repetiu o mesmo milagre. Certo dia, percebeu que havia contraído a peste na perna, e para não ter que ocupar uma cama no hospital, foi para a floresta a fim de morrer na solidão, sem incomodar a ninguém. Inexplicavelmente, ali nasceu uma mina de água cristalina, com a qual matava sua sede e se refrescava. Teria morrido de fome, se um cão não o tivesse encontrado e passado a lhe trazer diariamente um pedaço de pão em sua boca. O dono do cão, intrigado ao perceber o hábito diário do animal, resolveu segui-lo. Foi quando encontrou São Roque, já muito debilitado, e hospedou-o na própria casa até que a saúde dele estivesse plenamente recuperada. São Roque morreu na prisão com 33 anos, no dia 15 de Agosto de 1378, de causa desconhecida. Duas Missas ocorrem no dia hoje no distrito que leva o seu nome e à tarde Venerável Procissão com a imagem do protetor daquele lugar.

Nenhum comentário: